Um Ponto de Vista

Objetivo

Não existe a verdade, é tudo uma questão de ponto de vista, que é a vista de um único ponto. “UM PONTO DE VISTA” é mais do que um banco de imagem, é um conceito, uma filosofia de vida. Ao mesmo tempo que não tenho como negar o meu ponto de vista,  não posso achar que ele seja uma verdade universal.

Muitos fotógrafos cedem suas fotos para os bancos de imagens já conhecidos. Eu não adotei essa prática, porque acredito ser uma espécie de prostituição moderna; quem se sujeita a perigos e a grandes esforços para conseguir fotos inusitadas, sou eu. Como não investir em si mesmo e oferecer uma alternativa para quem procura bancos de imagens que apoiam diretamente o artista?

UM PONTO DE VISTA é uma tentativa de conseguir uma autonomia, ou seja, que as viagens se autofinanciem com o passar do tempo.

O comprador sabe que estará incentivando diretamente o meu trabalho, sem qualquer intermediário.

Claro que não é uma tarefa fácil, pelo contrário, é um projeto ambicioso, porque fazer aquilo que todo mundo faz, pode parecer mais sedutor, mas será que a longo prazo é realmente a melhor solução?

Estou tentando dar um exemplo daquilo que eu ainda acredito; um banco de imagem do estilo “lojinha de esquina”, que está disposto a resistir à determinadas tendências e talvez justamente por isso possa lograr.

De volta para o futuro…

Certamente é um banco de imagem bastante alternativo e pouco convencional, mas eu aposto justamente nisso: uma oportunidade para quem esteja buscando imagens fora do “mainstream”…